Prova do ENEM

A alienação e a mais-valia – Karl Marx

Esse assunto pode ser resumido como a sociologia sob o conceito de Karl Marx e é um tema muito cobrado em provas de vestibular e também no ENEM 2020, estuda-lo mais a fundo é garantia de pelo menos uma questão acertada. Esse artigo vai colocar pontos pertinentes da discussão que fará com que você entenda esses conceitos de Marx de maneira mais fácil e também irá direcioná-lo para uma pesquisa mais aprofundada. Alienação e mais-valia segundo Karl Marx, confira nesse post.

Assim como Hegel, Karl Marx tem em seu conceito de alienação um sentido negativo, entretanto, com uma notável diferença. De acordo com Marx a alienação trata-se de uma condição em que o trabalho não é reconhecido como um instrumento para a plena realização do homem e da sua condição enquanto humano e sim uma ferramenta para sua escravização que vem desumaniza-lo quando mede deu valor pelo que possui e pelo seu poder de acumular. Marx ainda afirma que a grande responsável pela alienação do homem é a justamente a modernidade e todas as suas novas formas de produção. Isso ocorre porque o trabalho torna-se cada vez mais especializado e dividido.

A necessidade de terceirizar para produzir em grande escala faz com que os indivíduos fiquem cada vez mais longe daquilo que produzem. O trabalhador sequer consegue reconhecer o que produziu tão pouco se sente parte do fruto do seu trabalho.

Alienação e mais-valia: transformação do homem em máquina

Com essas novas formas de produção o homem acaba por perder sua condição humana e transforma-se meramente em uma máquina programada para sempre repetir os mesmos esforços e sempre com o mesmo propósito: A busca desenfreada pelo capital que jamais conseguirá de quantidade suficiente para viver com dignidade, nem mesmo para adquirir o produto que é produzido com seus esforços.

A produção moderna além de iniciar a divisão de trabalho também traz consigo a cruel e desumana divisão social. Esse meio de organização bem como essa nova configuração do modo do trabalho foi primordial para que a sociedade capitalista nesses moldes quem bem conhecemos se desenvolvesse.

A mais-valia é a marca mais que registrada de Karl Marx, a mais-valia traz em seu conceito importantes definições que são essenciais para que consigamos entender a organização do modo de produção capitalista e todas as suas vertentes de apropriação do trabalho. O termo “mais-valia” basicamente vem discutir a diferença que existe entre os valores das mercadorias produzidas, o valor final dos seus meios de produção e, finalmente, o valor do trabalho que nada mais é do que o lucro no sistema capitalista em que vivemos.

À primeira vista o conceito de mais-valia pode parecer algo bem simples de ser interpretado ou entendido, contudo, o próprio Marx logo percebeu que a coisa toda era algo bem complexo já que muitos desses valores analisados não eram grandezas concretas e absolutas. Esses valores eram, na verdade, passíveis de bastante variabilidade de acordo com as características distintas de cada sociedade. O autor constatou que os valores de trabalho, sem a menor dúvida, não eram limitados ao valor de sobrevivência, pois em cada sociedade ele trazia consigo valores e costumes culturais distintos.

O que ficou provado, no entanto, é que constantemente os valores atribuídos ao trabalho e também a todo o processo de produção eram infinitamente inferiores ao valor que era cobrado pelo produto final. Dessa forma eram gerados lucros altíssimos para o capitalista que era domo dos meios de produção. Na atualidade as coisas não mudaram, é fácil perceber a diferença injusta entre o salário do trabalhador e dos empresários. Isso é alienação do trabalho, e resumindo, o trabalhador pode até conseguir sobreviver com o salário que ganha, mas dificilmente conseguirá comprar a mercadoria que é o produto final do seu trabalho a depender do setor onde atua.

Mais-valia absoluta

Marx ainda percebeu outros meios utilizados pelos capitalistas para aumentar sua margem de lucro. Um deles é obrigar o empregado a exceder sua jornada de trabalho mantendo o salário pago em uma constante invariável mesmo que sua produção tenha aumentado. Isso foi denominado por Marx de “mais-valia absoluta”. Dessa forma o capitalista dono dos meios de produção conseguiu aumentar sua produção bem como seus lucros sem aumentar gastos com a força de trabalho.

Se você deseja participar do Enem 2020 estude sobre isso e sobre as filosofias do mundo, tenha sempre muito conhecimento.

Acompanhe o edital no site do INEP e realize a sua inscrição para o Enem o quanto antes.damon

More Details

Estudantes bem-sucedidos apontam dicas para novos candidatos

O ENEM está consolidado como uma das provas seletivas mais importantes do Brasil. Milhares de estudantes deixaram de estudar para provas específicas de vestibular para ser aprovado em algumas instituições para tirar uma boa note no ENEM. O Ministério da Educação tornou o Exame Nacional do Ensino Médio um momento muito importante tanto na vida dos estudantes que estão saindo agora do Ensino Médio ou até mesmo aquelas pessoas que já terminaram a escola faz tempo.

Atualmente o Enem é muito utilizado para o ingresso no ensino superior, mas anteriormente o mesmo era usado para a conclusão do ensino fundamental e médio. Essa função agora é do Encceja – Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o programa de criação do Governo Federal tem como intensão auxiliar os estudantes a terem melhores oportunidades.

Para realizar as inscrições Encceja é preciso acessar o site do INEP e seguir as instruções do site, será necessário informar alguns dados como seu CPF e senha cadastrada no site.

Além das diversas faculdades e universidades que estão aceitando a nota que a pessoa tira no ENEM como vestibular, o programa de bolsas de estudo PROUNI também utiliza as notas do ENEM. Para as pessoas que pretendem participar do ENEM 2020 é bom ficar atento as datas de inscrição e também de realização das provas. Segundo o calendário que foi divulgado pelo Ministério da Educação, as provas do segundo semestre do ENEM deverão acontecer nos dias 04 e 11 de Novembro.

Portanto, é provável que a data de inscrição para participação deste exame de 2020 seja feita no mês de junho. Mas as datas ainda não foram confirmadas pelas entidades responsáveis pela organização desta prova.

Mas se sabe ainda que a taxa de inscrição para participação no exame será de R$ 35,00. Lembrando que os alunos que estão terminando o Ensino Médio em escolas públicas não precisam pagar a taxa, para isso, basta preencher a ficha e depois comprovar a sua matrícula na instituição de ensino. As inscrições continuarão sendo realizadas somente pela internet em site que ainda será divulgado.

More Details

Segunda Chamada para Programas de Financiamento Estudantil

Se acaso por sinal acabar perdendo o dia de fazer a sua inscrição no ProUni, você ainda terá uma segunda chamada para poder resolver isso e evitar que perca a sua vaga na faculdade a dando para outra pessoa. Esta segunda chamada também tem um prazo bem curto, e sua presença no local da matricula deve ser somente dentro deste prazo, pois depois que acabar este tempo você não terá mais outra escolha a não ser pagar para pode entrar na universidade.

Esta segunda chamada é a última chance de conseguir passar no concurso e conseguir fazer a sua inscrição com sucesso. E depois do fim deste prazo você não irá ter mais nenhuma outra chance, então não deixe esta oportunidade passar.

Inscrições 2020

Para poder se inscrever primeiramente é preciso que tenha feito que primeiramente tenha feito o ENEM e tirado boas notas para poder
passa. Depois de feito isso é só entrar em seu site oficial para poder ver a lista de alunos que conseguiram passa.

Recentemente foi atualizado e publicado a nova data para os participantes poderem se inscrever no ProUni 2020. que para o segundo semestre foram disponíveis mais de 200 mil bolsas para os alunos que participam de cursos de graduação. Para estas pessoas estão disponíveis mais de 1080 instituições diferentes que se uniram com o ProUni, que para poder ter acesso a todas as informações que desejar e tirar todas as suas dúvidas.

Resultados ProUni

Todos os resultados do ProUni estão disponíveis para as pessoas que fizeram prova do ENEM, e que já foram todos publicados na primeira chamada, e os da segunda chamada serão publicadas depois de algum tempo.

Então fique sempre atento e conferindo os resultados no seu site oficial para poder saber sua pontuação e se passou na prova. Também podendo saber o valor de sua bolsa de estudos que somente vai variar dependendo de sua pontuação.

Os resultados são colocados no site do ProUni depois de uns 4 dias, pois é o tempo preciso para poder avaliar todas as provas e classificar todos os participantes que fizeram a prova, podendo ser vistas na hora que quiser e quantas vezes quiser.

More Details

Exportação: A melhor escola para a competitividade

De que modo a exportação pode ser importante para o desenvolvimento da competividade industrial das empresas brasileiras, sobretudo as pequenas e micro empresas? Quais os seus impactos para o mercado interno? Para comentar um pouco mais sobre esse assunto a coluna Logística Portuária buscou, na Itália, o consultor Nicola Minervini. Expert em internacionalização e autor do livro “O Exportador”, que entrou recentemente na sua sexta edição, Minervini acredita que a exportação é a saída para o desenvolvimento da competitividade nacional. “Considero a exportação como a melhor escola para a competitividade.

A empresa tem que se confrontar com o mundo. Temos que entender que exportação quer dizer longo prazo, perseverança, paciência”, ressalta. Para ele a internacionalização de micro empresas deve passar por um filtro para avaliar as condições de enfrentamento no mercado internacional. “É interessante que o empresário visite feiras no exterior para avaliar se seu produto tem reais condições de competir no mercado internacional. Também sugere realizar uma espécie de checkup para medir e verificar possíveis carências, investir em design, tecnologia, na marca. Para uma pequena empresa esses temas são complicados por essa razão pensar em trabalhar em grupo é a solução mais indicada nesse contexto, o que chamo de Sistema Integrado de Promoção da Competitividade”.

Minervini também visitou os estados nordestinos da Bahia e Ceará no ano passado e teve a oportunidade de avaliar a situação de pequenas e micro empresas naquelas regiões. “Costumo dizer que você antes de se aventurar no mercado externo tem que ter uma boa base no mercado interno. Pode ser mais fácil crescer no mercado interno onde as variáveis são bem menores como a moeda, legislação, cultura, idioma, etc.  Se o empresário tem um bom produto e, aproveitando que o Nordeste é o alvo do turismo estrangeiro,ele pode tentar vender aos estrangeiros que visitam a região. Essa já é uma forma de sondar a aceitação do produto local no exterior. Sinceramente percebo que é difícil para muitas pequenas empresas enfrentar o mercado externo e por isso insisto que, deixando de lado o individualismo e desconfiança latina, trabalhar em grupo, mas com método e treinamento, é essencial para as pequenas empresas que buscam a internacionalização”, avalia.

O consultor ainda comenta sobre a importância da promoção no comércio exterior. “A promoção é indispensável. Entre milhões de empresas existentes como o comprador nos encontra?Antes de tudo se você hoje não está na internet, você não existe!  É preciso manter o site atualizado, com catalogo atual. Lembre-se, internet não quer dizer só ter uma página bonita, mas estar presente na rede social, especialmente em linkedin, twitter, facebook, youtube”, revela. Ele ainda ressalta a importância da participação em eventos internacionais. “Nunca vá como expositor sem conhecer a fundo a feira.

É preciso saber se aquele evento é o ideal para o empresário mostrar seu produto. Aconselho sempre a visitar a maior feira internacional do próprio setor para medir quanto anda sua competitividade. Depois, se achar que tem condições de competir, peça à alguma entidade externa uma consultoria, do tipo check-up. Por exemplo, solicitar ao Centro Internacional de Negócios da própria Federação de Indústria ou Sebrae, Ministério de Desenvolvimento, Industria e Comercio Exterior, através da Apex, Secex, etc.”, diz.

Minervini ainda acrescenta que se faz necessário a empresa avaliar qual ou quais produtos seriam considerados menos vulneráveis à concorrência internacional e ainda solicitar uma assistência externa para elaborar um plano de trabalho com orçamento. “Chegando à conclusão que não se tem recursos suficientes, busque a possibilidade de colocar-se em um grupo de empresas complementares para poder seguir com os planos de internacionalização”, cita. E lembra a importância do catalogo como ferramenta de divulgação.

“Compete na hora de estrutura-lo inserir e privilegiar informações do tipo benefícios e vantagens que o cliente vai ter comprando nosso produto”, menciona. O expert em internacionalização declara que a base da comunicação passa por ter um ótimo conhecimento das diferencias culturais. “A falta de conhecimento no mercado que se deseja investir é responsável por mais de 50% dos fracassos nas negociações internacionais”, frisa.

More Details